28 de maio de 2009

13 dicas para quem quer - de verdade - ser escritor

Aos amigos que acompanham o Blog, seguem minhas desculpas pela demora deste post. Minha expectativa atual é atualizar o blog duas vezes por mês, até porque estou na correria de acompanhar meus livros já lançados enquanto escrevo o próximo, que tem o título provisório de "As incríveis memórias de Samael Duncan". Mais sobre isso um outro dia... Para hoje, pensei em listar, de maneira solta, algumas "boas práticas" para quem quer ser escritor.
1. Leia, sempre e muito. Já ouvi alguns escritores famosos dizendo que quanto mais escreviam e se tornavam conhecidos, menos liam, por falta de tempo. Espere, portanto, ser rico e famoso para parar de ler - antes disso, você precisa de conteúdo!
2. Escreva todo dia, nem que seja meia página. Meia página por dia significa, ao final do ano, cento e oitenta e três páginas - pense nisso!
3. Não tenha medo de jogar fora o que você escreveu. Só guarde o que você realmente gostou! Lembre-se que você será avaliado sempre pela qualidade do que escreveu, e não pela quantidade!
4. Releia o que você escreveu, rabisque e escreva de novo. Eu tinha um certo preconceito quanto ler meus escritos depois de terminados, mas depois descobri que raramente o que escrevemos fica bom na primeira tentativa!
5. Quando tiver uma boa idéia, escreva desordenamente, o que vier à mente, em frases soltas. O que importa é não perder a idéia.
6. Aprenda a ser interrompido e continuar seu trabalho depois. Isaac Asimov, o mais prolífico dos escritores de Ficção Científica, começou sua carreira enquanto ajudava o pai no balcão de sua loja; sendo interrompido a cada cliente. Ele dizia ser capaz de parar uma frase no meio de uma palavra, e depois retornar exatamente ao mesmo ponto.
7. Deixe um pequeno bloco ao lado da cama, e anote seus sonhos imediatamente após acordar. Tenha certeza que você os esquecerá cinco minutos depois - assim funciona nosso cérebro -; e os sonhos são uma fonte riquíssima de idéias!
8. Leve este bloquinho com você, e anote as idéias quando aparecerem.
9. Organize seus pensamentos e anotações em listas ou mapas mentais (se não sabe o que é isso, procure na internet...). Esta é a forma mais prática de transformar pensamentos soltos em histórias coesas.
10. Escreva com a mente. Sempre que possível, imagine as continuações possíveis daquela história que você está escrevendo; pode ter certeza que isso ajudará muito na hora de efetivamente colocar as idéias no papel.
11. Interaja com outros escritores, pintores, artistas de teatro, pessoas criativas em geral. Criatividade é uma arte que se aprende, e que cresce em contato com outras criatividades!
12. Faça uma lista do que você acha importante para ajudar em sua carreira de escritor, priorize e pendure em sua mesa de trabalho. Trabalhe mentalmente e oriente seus esforços em direção aos pontos de sua lista.
13. Divulgue sua lista em nosso blog! :)
Forte Abraço, espero seus comentários e sugestões!

7 comentários:

Selpholm Sel disse...

Suas 13 dicas com certeza me ajudarão bastante. Estou escrevendo um livro e atualmente tenho três capítulos prontos em meu blog http://selpholmsel.blogspot.com/
se tiver um tempo e puder ler, ficaria agradecido.

Alexandre Lobão disse...

Caro Selpholm Sel:
Obrigado pelas gentis palavras! :)
Atualmente estou em uma fase muitíssimo ocupada, mas vou abrir algum espaço para passar em seu blog e conhecer seu trabalho - deixarei algum registro por lá!

Luciana Viter disse...

Parabéns pelo blog e sucesso em seus projetos!
Passarei para ler mais vezes!

...Eryck Diegho disse...

Acho de extrema utilidade essas dicas, mas sabe que eu gosto um pouco do modo nada comercial e incômodo de escrever relacionado ao estilo dadaísta?! Sim, acredito que quando você deixa fluir aquilo que vem do sentimento e sem regras é algo que poucos conseguem, pois com o tempo o homem aprendeu a não se libertar das amarras e sua criatividade ficou limitada. É por isso que acho que minha literatura é como o punk-rock, algo de gueto, muito bom para poucos e uma merda para quase todos.

maya disse...

Maya ficou interessada no livro da águia... Vai procurar! Estou te seguindo, amigo! Abraços.

Nick Winchester disse...

Valeu pelas dicas, estou escrevendo um livro. Até agora está no capitulo 10

Alexandre Lobão disse...

Caros Eryck, Maia, Luciana e Nick,
Obrigado pela força e pelo interesse, qualquer coisa que precisarem entrem em contato, e boa sorte com seus projetos! :)