22 de setembro de 2010

Curso inédito da Fábrica de Textos em Brasília - 23 e 24 de outubro!

pós a Segunda Grande Guerra, os Estados Unidos promoveram uma grande reestruturação nos cursos universitários, e com estas mudanças apareceram os primeiros cursos acadêmicos de Escrita Criativa. O escritor Paul Engle, em "The Writer and the Place", chegou a dizer que: “pela primeira vez na triste e encantadora história da literatura, pela primeira vez na gloriosa e terrível História do mundo, o escritor é benvindo na Academia. Se a mente pode ser honrada ali, porque não a imaginação?”.

Em mais de cinquenta anos de história, estes cursos de Escrita Criativa formaram grandes escritores e evoluíram em organização e conteúdo.
No Brasil, infelizmente, não ocorreu movimento semelhante. Grandes escritores brasileiros, como por exemplo Raimundo Carrero, foram aos Estados Unidos participar destes cursos e, além de retornarem como escritores mais capacitados, iniciaram suas próprias oficinas de Escrita Criativa no Brasil.
Sonia Belloto, no entanto, foi um pouco mais longe: buscou trazer um destes cursos oficialmente para o país. Conseguindo a autorização devida, traduziu o material de uma universidade e, mais que isso, adaptou o material à realidade Brasileira, adicionando sua própria experiência. Nascia então o “Curso de Escrita Criativa para Formação de Escritores”.
Fundando a Fábrica de Textos, com os objetivos de “Desmitificar os processos de escrever e publicar livros” e “Ensinar o caminho para quem deseja tornar-se escritor”, Sonia já apresentou este curso mais de setenta vezes só em São Paulo, além de diversas edições em outros estados.
Agora, pela primeira vez, Sonia vem trazer um pouco desta experiência para Brasília, em um curso inédito na cidade. Vamos aos detalhes:
Curso de Escrita Criativa da Fábrica de Textos para Formação de Escritores


O curso faz uma imersão no processo de escrita criativa, apresentando ferramentas necessárias para liberar o fluxo de escrita, criar textos jornalísticos, publicitários e literários, mantendo os leitores envolvidos da primeira à última página. Neste seminário, você receberá informações fundamentais para escrever e publicar livros, também conhecerá o processo de elaboração e técnicas utilizadas pelos grandes escritores, o mercado editorial e os caminhos para se tornar um escritor bem sucedido.

Local: Sonesta Hotel Brasília - Setor Hoteleiro Norte - Quadra 5 - Bloco B - Brasília - DF

Datas e Horários:
23 e 24/10 - das 08h00 às 18h00
Acompanhamento posterior das criações dos alunos - sem prazo, até a conclusão da obra
Vagas: 30 participantes
Público Alvo
Profissionais de todas as áreas, que desejam melhorar a escrita, e o público em geral que tenha interesse em se tornar escritor profissional.
Serviços inclusos:
• Curso Regular de Escrita Criativa da Fábrica de Textos, com material didático: maleta da Fábrica de Textos, apostila com 100 páginas, caneta, lápis, borracha, CD com arquivo na formatação 14 x 21 e arquivo de capa, 01 exemplar do livro Você já pensou em escrever um livro? de Sonia Belloto, 01 bloco de anotações com 50 folhas A4
• Café da manhã, almoço e lanche
• Certificado de participação do curso
• Acompanhamento por e-mail dos trabalhos sugeridos durante o curso, até que o livro do escritor esteja pronto

Facilitadora
Sonia Belloto é escritora, editora, agente literária e idealizadora da Fábrica de Textos. Autora de Você já pensou em escrever um livro? publicado no Brasil pela Ediouro e na Europa e África pela Texto Editores, selo do grupo Leya. A pedido de seus alunos, Sonia Belloto escreveu seu primeiro romance, com o título Ser feliz é uma escolha, publicado em 2008 no Brasil pela Ediouro

Inscrição e mais detalhes: http://www.fabricadetextos.com.br/br/cursobrasilia.htm
Gostou?  este post!

8 comentários:

Edson disse...

Na década de 90 eu tive que me aperfeiçoar nos curos de roteiro de cinema e tevê os quais participei com Doc Comparato (Malu Mulher, AEIO Urca etc);Tiago Santiago (Você Decide, Uga Uga - como colaborador,Escrava Isaura e Mutantes); Claudio Mac Dowell(Toque do Oboé - cinema) e muitos livros do cimena americano. Peguei isso tudo e passei para a literatura.
Com isso lancei dois romances: Yin & Yang a Batalga dos Opostos (1999);O Último Lampejo do Crepúsculo (2009).

Alexandre Lobão disse...

Já li muito sobre o assunto, mas nunca participei de um curso para roteiros de cinema!
Que tal escrever alguns parágrafos a mais, para publicarmos por aqui, Edson?
Obrigado pela participação,
[]s!

Fernanda Gonçalves disse...

Ah como eu queria participar... Gosto de pensar que sempre haverá outra oportunidade. Esperança não é defeito, né? rs

Vânia Rebelo disse...

Oi Alexandre,

pois é...
Vamos aguardar mais um pouco para conhecer esse curso. A data não foi muito boa para mim, pois estarei em Sâo Paulo de 21 a 22 e, ao contrário do que havia programado, terei que retornar na sexta à noite para participar do curso. Enfim...
Um abraço e até lá.

disse...

Interessante o comentário do Edson. Eu também acabei fazendo cursos de roteiro na mesma década de 90!(dedurando a minha idade aqui) :-) Em especial esse do Doc Comparato é um clássico aqui no Rio. Na PUC também tinha um curso muito bom, que foi o que fiz com a cineasta Mônia Frota.

Esse ano a Sonia deu esse curso "flash" aqui no Rio. Dá para fazer várias analogias com as técnicas usadas para roteiro de cinema - a jornada do herói, construção dos personagens, marcação do pontos de virada...

Com o aumento do número de livros com ritmo cinematográfico, como os do Dan Brown, eu vejo que cada vez mais as duas técnicas estão se aproximando. Eu vejo os leitores se encantado mais por livros com diálogos e ações rápidos, ao invés de uma literatura mais detalhada, lenta e psicológica.

Ter feito os dois cursos foi muito positivo. Mas quem não tem grana para fazer um desses não deve desanimar. Hoje tem um monte de livros interessantes com as técnicas, tanto de roteiro como de literatura. Para roteiro tem os clássicos do Syd Field (http://www.sydfield.com/) e para escrita eu gostei muito dos da Sonia, porque são simples e diretos. Se lembrar de mais alguns eu mando aqui.

BJKS

Olhos de Saruê disse...

Minha praia é a poesia, as palavras são grão de areia,sopro de vento; meu universo, o verso Tudo que que rascunho tem tom melopoético e "bunitim", como diz uma pessoa amiga. Escrivi uns poucos contos... Tenho gostado da idéia de participar de uma oficina de textos...

valeria soares disse...

Quero fazer! Quando vem para o Rio?

Alexandre Lobão disse...

Valeria, fique de olho no site da Fábrica de textos - eu só estava divulgando a turma de Brasília porque ia ser (e fui) aluno e me interessava encher a turma para termos mais pessoas para compartilhar o conhecimento!
[]s